Buscar
  • Tendência Energia

Adamantina é mais uma vez contemplada pelo Projeto de Eficiência Energética

São Paulo – Pelo segundo ano consecutivo, a cidade de Adamantina foi contemplada na Chamada Pública da Energisa Sul-Sudeste e este ano conquistou a aprovação em dois projetos.


No projeto +Eficiência | Adamantina IP, serão instaladas luminárias LED em 297 pontos de iluminação pública onde hoje encontram-se instaladas luminárias convencionais com lâmpadas de sódio, mercúrio ou metálicas.


Já no Projeto +Eficiência | Adamantina PP, será realizada a substituição de 1152 lâmpadas fluorescentes para LED nos prédios públicos e a instalação de uma Usina Solar Fotovoltaica, que suprirá o consumo dos prédios públicos do município com energia limpa.


O valor total dos projetos é de R$800 mil reais, e a ação proporcionará economia anual no consumo de energia elétrica na ordem de 409,61 MWh/Ano, resultando numa redução de aproximadamente R$180 mil para os cofres públicos.


Os projetos de Adamantina foram elaborados em conjunto com a empresa Vitális Energia. Para obter aprovação, eles passaram por uma avaliação do comitê da Energisa, onde foram verificadas sua viabilidade de execução e eficiência.


Os equipamentos substituídos no projeto serão descartados de acordo com o que consta na Legislação Ambiental vigente. Todas as ações do projeto precisam seguir os procedimentos do Programa de Eficiência Energética - PROPEE, regulado pela Aneel.


Relembre - Em 2020, a Prefeitura de Adamantina realizou a substituição de 800 pontos da área central por lâmpadas de LED por meio de uma chamada pública de eficiência energética com a Energisa.


O objetivo do projeto foi promover o uso eficiente e racional de energia elétrica, estimulando o desenvolvimento de novas tecnologias e a criação de hábitos e práticas racionais para combater o desperdício da energia elétrica.


Os benefícios trazidos por essa troca são melhorias na qualidade da iluminação da área comercial, mais segurança e comodidade aos munícipes, assim como economia aos cofres públicos, pois a substituição poderá resultar em uma economia estimada em mais de 480 mil reais por ano.


*Com informações da Prefeitura do Município de Adamantina


Fonte: http://www.procelinfo.com.br/main.asp?View=%7BF5EAADD6-CCB0-4E29-A0C4-482D3D66BB65%7D&Team=&params=itemID=%7B9703EA1A-BC46-449D-A5C2-B53D043D4259%7D;&UIPartUID=%7BD90F22DB-05D4-4644-A8F2-FAD4803C8898%7D

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Energia Solar bate novo recorde no Nordeste

Segundo ONS, geração média alcançou 561 MW médios na terça-feira, 6 de abril O Operador Nacional do Sistema Elétrico divulgou que a região Nordeste registrou um novo recorde de geração solar fotovolta