Buscar
  • Tendência Energia

André Pepitone faz alerta para escalada das tarifas de energia

Depois de dois anos com reajustes tarifários médios relativamente baixos, as tarifas em 2021 podem ter altas significativas, devido a questões como aumento da tarifa de transmissão, pressão do dólar e cenário hidrológico adverso, alertou André Pepitone, diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), durante reunião ordinária do regulador nessa terça-feira, 2 de fevereiro.

A fala veio no contexto do processo de revisão tarifária da Energisa Borborema, aprovada em 5,21%, refletindo, principalmente, o aumento da Parcela A. Os custos de transmissão, por exemplo, subiram 3,7%.

"O custo de transmissão nesse patamar elevado está pressionando os processos tarifários que estamos julgamento nesse ano para cima, e num patamar muito elevado", disse Pepitone.

Segundo Pepitone, a Receita Anual Permitida (RAP) do ciclo 2020/2021, que entrou em vigor em julho do ano passado, subiu de R$ 27,6 bilhões para R$ 34 bilhões, o que representa um aumento médio de 4% para as distribuidoras do país.

O forte aumento no custo de transmissão reflete a entrada de novos empreendimentos em operação, e também a cassação de ações judiciais que barravam a atualização financeira das indenizações por ativos antigos de transmissão não amortizados (RBSE) entre 2017 e 2020. A atualização financeira de todo o período foi incorporada no ciclo atual, da ordem de R$ 3,3 bilhões.

"Em 2021, teremos desafio grande. Primeiro por conta do IGP-M, que aumentou 23,5% em 2020, e temos 15 distribuidoras que passarão por reajuste com a Parcela B corrigida pelo indicador, conforme os termos do contrato. Tivemos também o aumento do dólar, que corrige a energia de Itaipu, e gera aumento no custo de geração", disse Pepitone.

Além disso, o cenário hidrológico adverso, combinado às restrições ambientais da usina de Belo Monte, também impactam a conta de luz.

"Temos despacho fora da ordem de mérito de 16,5 MW em janeiro autorizado pelo CMSE, e tudo indica que será mantido em fevereiro", disse Pepitone.

O diretor-geral da Aneel aproveitou para pedir ao Congresso que aprove a Medida Provisória (MP) 998, que traz alívios tarifários e ajuda a conter a escalada da conta de luz.


Fonte: https://megawhat.energy/news/123367/andre-pepitone-faz-alerta-para-escalada-das-tarifas-de-energia

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo