Buscar
  • Tendência Energia

Atributos da fonte solar ganharão reconhecimento por meio do PLD horário, diz presidente da ABSOLAR

Novo modelo representa um avanço relevante para a fonte solar fotovoltaica, que produz energia durante o dia, período em que a sociedade mais consome


Segundo Rodrigo Sauaia, presidente da Associação Brasileira de Energia Fotovoltaica (ABSOLAR), os atributos da fonte fotovoltaica ganharão reconhecimento por meio do Preço de Liquidação de Diferenças (PLD). Ele também considera que o novo modelo irá destacar o fato da tecnologia gerar energia durante o dia, período no qual maior parte do consumo acontece.

“O PLD horário é uma evolução importante para a energia solar fotovoltaica, que gera energia no período diurno, justamente aquele em que a sociedade mais consome. Os nossos picos de demanda, que no passado ocorriam no final do dia, agora estão acontecendo entre 11h e 17h, em especial nos meses mais quentes do ano”, relatou o presidente da ABSOLAR em entrevista ao podcast Giro Energia, realizado pelo jornalista Roberto Rockmann.

Sauaia detalhou o motivo do PLD horário levar à valorização da energia solar. “Nesses momentos do dia, temos Sol brilhando intensamente e a fonte solar pode ajudar a aliviar essa demanda maior do sistema, gerando energia, inclusive perto dos locais de consumo. Naturalmente, nesses horários a energia deve ter um valor maior. Portanto a solar deve ter, com a entrada do PLD horário, o reconhecimento deste atributo que atualmente não é valorizado corretamente pelo setor elétrico brasileiro”.

Com a mudança trazida pelo PLD horário, que funcionará a partir do dia 1º de janeiro, o preço da energia no mercado de curto prazo, em vez de se basear nas semanas, passará a considerar o horário. O dirigente afirma que este novo modelo é um progresso fundamental para a contabilização do valor da energia elétrica no Brasil.

“Isso porque nós sabemos que, em diferentes horários do dia, os brasileiros consomem quantidades diferentes de energia elétrica. Por exemplo, no período da noite, a energia é consumida em quantidade muito menor e faz sentido que nesse período, em que a demanda é menor, o preço reflita essa realidade e seja menor”, elucida Sauaia.

“Nos momentos em que a sociedade faz mais uso da energia, é natural que o preço também reflita isso. Esse alinhamento entre oferta e demanda em base horária, ajuda a sociedade a melhor reconhecer o valor que a energia elétrica tem nas diferentes horas do dia. Por isso, o preço-horário é um avanço, porque ajuda a trazer mais realismo e clareza para o valor pago a energia elétrica pela sociedade”, completou.


Fonte: https://www.portalsolar.com.br/blog-solar/energia-solar/presidente-da-absolar-considera-que-os-atributos-da-fonte-solar-ganharao-reconhecimento-por-meio-do-pld-horario.html

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Energia Solar bate novo recorde no Nordeste

Segundo ONS, geração média alcançou 561 MW médios na terça-feira, 6 de abril O Operador Nacional do Sistema Elétrico divulgou que a região Nordeste registrou um novo recorde de geração solar fotovolta