Buscar
  • Tendência Energia

Iberdrola e Bayer avançam compromisso ambiental por 10 anos

A Iberdrola e a Bayer em Espanha unem forças na transição para uma economia verde com a assinatura do primeiro contrato de longo prazo para a compra de energia elétrica gerada por fontes limpas (PPA, Power Purchase Agreement) entre uma empresa de energia e uma empresa farmacêutica em Espanha.

A Iberdrola fornecerá eletricidade 100% renovável para cobrir a totalidade da compra de eletricidade dos 9 centros da Bayer em Espanha, incluindo 3 fábricas, 5 centros de Investigação & Desenvolvimento (I&D) e a sede da empresa para a Península Ibérica.

Esta iniciativa vigorará em 100% destes centros a partir de 2022 e durante dez anos, comenergia gerada pela central fotovoltaica Francisco Pizarro – a maior central fotovoltaica atualmente projetada na Europa-, que a Iberdrola construirá na Estremadura, já com aprovação de impacto ambiental (DIA). Até esse momento, o acordo contempla um ‘contrato-ponte’ com o qual a Bayer passa a realizar o consumo total de eletricidade sem emissões, com garantia de origem renovável (GDOs).

Com este acordo, a Iberdrola e a Bayer continuam a contribuir juntas para a transição de uma economia verde, após o PPA recentemente acordado por ambas as empresas no México, segundo o qual a farmacêutica consome energia verde gerada pelo parque eólico onshore de Santiago (105 MW), localizado no Estado de Guanajuato.

A aliança reforça a estratégia de energias renováveis ​​da Iberdrola, que inclui a celebração de contratos bilaterais que promovam o fornecimento de energia a preços competitivos e estáveis ​​a grandes clientes empenhados no consumo sustentável.

“Através dos PPAs abrem-se muitas oportunidades para o desenvolvimento de projetos renováveis ​​que estão a transformar o presente e o futuro da energia no nosso país, contribuindo para a transição para uma economia verde. Esses contratos de compra e venda de energia alongo prazo proporcionam estabilidade aos investimentos da empresa e tornam-se também uma ferramenta ideal para a gestão do fornecimento de energia elétrica de grandes consumidores empenhados no consumo limpo e sustentável. Os PPAs demonstram a competitividade das energias renováveis ​​e a sua capacidade de fornecer energia a preços acessíveis e estáveis ​​a longo prazo”, explica Eduardo Insunza, Diretor Global de Grandes Clientes da Iberdrola.

Por sua vez, a Bayer, que no final do ano passado anunciou o compromisso de alcançar uma pegada de emissões neutra em todo o mundo até 2030, está a avançar localmente com este acordo, que representa um grande passo na sua contribuição para a neutralidade climática. Adicionalmente, a empresa está a analisar e a adaptar as suas instalações para dispor de espaços mais eficientes e que favoreçam uma melhor utilização e aproveitamento dos recursos, outra das prioridades em que a Bayer está a concentrar o seu investimento e esforço. Nas palavras de Laura Dieguez, Diretora de Comunicação, Relações Públicas Corporativas e Sustentabilidade, “medidas como esta ajudam-nos a avançar o compromisso da Bayer com a sustentabilidade através de medidas concretas que possibilitam a mitigação do nosso impacto ambiental. A colaboração com especialistas como a Iberdrola torna este compromisso efetivo quase de imediato, ao mesmo tempo que contribui para o desenvolvimento das infraestruturas necessárias no país para edificar um futuro mais verde e amigo do ambiente”.


Tecnologia competitiva para mitigar o aquecimento global


A energia 100% renovável que a Iberdrola fornecerá às instalações da Bayer em Espanha virá do projeto Francisco Pizarro, a maior central fotovoltaica projetada atualmente na Europa, com uma capacidade instalada de 590 MW.

Situado na Estremadura, entre os municípios de Torrecillas de Tiesa e Aldeacentenera, em Cáceres, o projeto conta já com a aprovação de impacto ambiental (DIA) e gerará energia limpa suficiente para abastecer anualmente uma população equivalente a 375.000 habitantes, número superior ao das populações das cidades de Cáceres e Badajoz. Quando estiver em operação, em 2022, a central evitará a emissão para a atmosfera de 245.000 toneladas de CO2 por ano, reforçando a competitividade dessa tecnologia para a proteção do meio ambiente e redução do aquecimento global.

Para além do contributo ambiental, o novo investimento neste projeto fotovoltaico – que ascenderá a cerca de 300 milhões de euros – contribuirá para reativar a cadeia de valor e o emprego na comunidade, com o envolvimento de mais de 1.000 profissionais.

Francisco Pizarro insere-se no plano de investimentos em renováveis ​​da Iberdrola na Estremadura, que prevê a instalação de cerca de 2.000 MW verdes até 2022, tornando a região um dos eixos centrais da sua estratégia renovável em Espanha


Renováveis ​​para uma recuperação verde


A Iberdrola tem uma ampla experiência no campo dos PPAs em todo o mundo e administra contratos de compra de energia de longo prazo em mercados como Espanha, Reino Unido, Estados Unidos, México e Austrália – após a sua recente entrada neste mercado -, de projetos eólicos e fotovoltaicos de mais de 3.000 MW. Em Espanha, a empresa foi pioneira nesta modalidade com empresas de diversos setores: bancos, telecomunicações, setor cervejeiro, distribuição, marcas desportivas e agora farmacêutica.

Mais informação: Sabe o que é um PPA e quais são as suas principais vantagens?

A Iberdrola está convicta de que a eletrificação com fontes renováveis ​​de energia terá um papel essencial na recuperação económica, na industrialização e no emprego no mundo pós-COVID. A Iberdrola apresentou recentemente um plano de investimentos de 75.000 milhões de euros até 2025, o maior alguma vez realizado por uma empresa espanhola, com o qual duplicará a sua capacidade renovável. A empresa prevê que a sua atividade, as suas compras e os seus investimentos impulsionem os negócios dos seus 22.000 fornecedores – apoiando 500.000 empregos em todo o mundo – bem como as novas contratações no grupo, que podem chegar a 20.000 até 2025.

A Iberdrola é líder global em energias renováveis ​​e uma referência na luta contra as alterações climáticas. O grupo atualmente opera 32,7 GW limpos a nível global e tem um portfólio de projetos ‘verdes’ de mais de 70 GW.


Fonte: https://www.gazetarural.com/iberdrola-e-bayer-avancam-compromisso-ambiental-por-10-anos/

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

© Copyright 2020 - Todos os direitos reservados

  • Facebook
  • Instagram