shutterstock_1442335733.jpg

O QUE É ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA

A energia solar fotovoltaica é uma fonte de energia renovável e limpa que utiliza a radiação solar para gerar eletricidade, podendo ser produzida também em dias nublados e chuvosos.

BENEFÍCIOS

1 - Redução da conta de energia elétrica

Com a energia solar é possível reduzir a conta de energia em até 95%.
O sistema fotovoltaico é um sistema de geração de energia elétrica, com isso, é possível reduzir o consumo da energia e o valor da conta de energia, já que não é preciso comprar a energia elétrica da concessionária.
Isso é possível através do sistema de créditos. Mesmo durante a noite, enquanto o sistema está desligado, é possível usufruir da sua própria energia já que a energia produzida em excesso vai diretamente para a rede, retornando em créditos, que podem ser usados na mesma unidade ou distribuídos em até 10 unidades diferentes, desde que pertençam ao mesmo CPF ou CNPJ.
Assim, o sistema fotovoltaico pode cobrir até 100% do cosumo, porem a economia na conta de energia fica por volta de 98% porque é preciso pagar a taxa mínima de conexão à concessionária local.

2 - Redução do impacto dos ajustes tarifários

Com a energia solar é possível reduzir a conta de energia em até 95%.O sistema fotovoltaico é um sistema de geração de energia elétrica, com isso, é possível reduzir o consumo da energia e o valor da conta de energia, já que não é preciso comprar a energia elétrica da concessionária.Isso é possível através do sistema de créditos. Mesmo durante a noite, enquanto o sistema está desligado, é possível usufruir da sua própria energia já que a energia produzida em excesso vai diretamente para a rede, retornando em créditos, que podem ser usados na mesma unidade ou distribuídos em até 10 unidades diferentes, desde que pertençam ao mesmo CPF ou CNPJ.Assim, o sistema fotovoltaico pode cobrir até 100% do cosumo, porem a economia na conta de energia fica por volta de 98% porque é preciso pagar a taxa mínima de conexão à concessionária local.

3 - Valorização Imobiliária


Ao usar energia solar, o consumo da energia fornecida pela concessionária diminui significativamente, já que a maior parte do consumo é simultaneamente atendido pela energia gerada pelo sistema fotovoltaico.
Como resultado, o impacto financeiro dos reajustes tarifários anuais também diminuirá significativamente. Pessoas com sistemas fotovoltaicos não são impactados pelo aumento de preço, tendo em vista que não compram mais a energia da concessionária.

4 - Alta Durabilidade

A maioria dos fornecedores de painéis solares oferece uma garantia de performance de 25 anos para seus equipamentos - isso é muito tempo. E o mais interessante é que no 25º ano, o sistema ainda possui 80% de eficiência!

5 - Baixo custo de manutenção


Depois de instalado o sistema, os cuidados requeridos envolvem somente a limpeza e a fiscalização dos painéis solares.

6 - Redução da poluição e das taxas de emissão de carbono

A energia solar é uma fonte limpa e renovável, podendo ser aproveitada em todas as áreas do mundo e está disponível todos os dias. A energia solar é proveniente do sol, portanto, é considerada um recurso infinito.
Enquanto a irradiação solar é gratuita e abundante, os combustíveis fósseis estão acabando. Reduzir nossa dependência desses recursos finitos e tirar proveito de uma fonte abundante, gratuita e limpa, irá contribuir para reduzir o preço de energia, e minimizar as emissões de CO2, contribuindo para uma matriz energética mais confiável e sustentável.

7 - Sustentabilidade e preservação do meio ambiente

A energia solar é considerada limpa (em oposição aos combustíveis fósseis), pois não gera resíduos poluentes e gases causadores do efeito estufa. A sustentabilidade da produção de energia fotovoltaica fica por conta do seu processo natural de geração, o qual necessita apenas da radiação solar para existir contribuindo para a preservação do meio ambiente.

O QUE É PPA (Power Purchase Agreement)

BENEFÍCIOS

O grande benefício desta modalidade de contrato é a redução no custo de energia e a previsibilidade desses custos no longo prazo. Isso porque os PPAs de longo prazo estão, na maioria das vezes atrelados a novos projetos e os preços negociados estão mais relacionados ao custo de geração do que aos preços de mercado.

VANTAGENS DE CONTRATAÇÃO A LONGO PRAZO

Maior visibilidade de custo da energia no longo prazo.

50% de desconto na TUST / TUSD se o projeto tiver esse benefício.

Maior visibilidade de custo da energia no longo prazo.

*Isenção de encargos setoriais resultando em um  custo final de energia menor. 

Um PPA (Power Purchase Agreement) é um contrato bilateral de venda de energia de longo prazo, muitas vezes atrelado a um ativo específico de geração e a um preço prefixado entre um gerador de energia renovável e um consumidor – em geral, empresas que necessitam de grandes quantidades de eletricidade – ou entre um gerador e um comercializador que revenderá a energia.

O QUE É EM UM PRODUTOR DE ENERGIA

É um produtor de energia elétrica, que deve ser autorizado a implantar e explorar um empreendimento para geração de energia, geração esta produzida para ser destinada, no todo ou em parte, ao seu uso exclusivo.

BENEFÍCIOS

Redução de custos de energia atrelada à previsibilidade e estabilidade de preço no longo prazo, pois o consumidor é autorizado por um período de pelo menos 20 anos e possui isenção de alguns encargos setoriais sobre a parcela de energia proveniente do autoconsumo.

MODELO DE NEGÓCIO

O cliente participa de uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) com AES Brasil para a construção do projeto, podendo atender até a 100% das suas necessidades energéticas, considerando a participação do consumidor no empreendimento.
A constituição da SPE pode se dar em diferentes tempos de execução do projeto, desde a constituição dos processos autorizativos regulatórios até a construção e operação do empreendimento.

% Cliente
ON/PN

Logo-Aes.png

SPE GERADORA

CLIENTE

% Capital Social
ON/PN

EMBASAMENTO LEGAL PARA AUTOPRODUÇÃO

  • Decreto Nº 2.003, de 10 de setembro de 1996 – Regulamenta a produção de energia elétrica por Produtor Independente e por Autoprodutor

  • Lei Nº 11.488, de 15 de junho de 2007 – Define o reconhecimento dos encargos setoriais (CDE, PROINFA e CCC) da figura do autoprodutor

  • Decreto Nº 6.210, de 18 de setembro de 2007 - Define demanda mínima por unidade de consumo para a equiparação de consumidor a autoprodutor

  • Regras de Comercialização CCEE – Caderno 21: Alocação de Geração Própria

  • Procedimentos de Comercialização CCEE – Módulo 3: Contratação de Energia / Submódulo 3.1: Contratos do Ambiente Livre